domingo, 28 de outubro de 2007

fui na piscina com minha irmã, meu cunhado e meu sobrinho...cheguei lá branca e apavorada.
Sentei na cadeira e olhei aquele povo todo se divertindo tão "bobamente" e chorei...lembrei do betito que é "bored" e fiquei com mais conforto...tirei o óculos e fui lá...fiquei vermelha...e tudo arde no meu corpo...e nem 30 minutos passei debaixo do sol...mas fui...até foi divertido...

terça-feira, 23 de outubro de 2007

A janelinha do outlook que avisa o recebimento de novas mensagens de email subiu agora...era uma propaganda de shampoo para queda de cabelo...

por minimas frações de segundo, tive a impressão de uma conspiração universal acontecendo ao meu redor cujo alvo sou eu. E o nome dela:TPM.

Fui em um almoço reunião de negócios no qual me sai brilhantemente mal...mas acho que consigo uma boa proposta...o restaurante tem uma conotação muito particular...lembrar dele me deixa com um certo nó na garganta.

Me lembro quando me mudei para este estado, em 2003 e fui morar na famosa e por que não famigerada cidade baixa. Estava esgotada fisica e mentalmente. Fisica porque ainda me recuperava do problema na coluna e nem andava perfeitamente...tomava remédios para minimizar a dor e sonhava em fazer kenjutusu lendo frequentemente o site do niten.

Mentalmente pois havia rompido relações com meus familiares, com minha terra natal tão querida e importante para mim e também, porque não, com alguns valores antigos de comportamento. Morei com meu namorado tempo suficiente para ser marcante.

E por marcas serem impressões profundas dentro do nosso universo, bons tempos se passaram até eu perder a nitidez das mesmas, dentro dos meus dias.

A perna está perfeita, as marcas se foram e hoje em dia, as ruas que antes me traziam memórias tão vivas, ganharam novo brilho e nova conotação. E passei a explorar meus territórios com mais alegria no olhar.

Mas não hoje, em 2007. Aquele restaurante me traz lembranças que não tem nem um ano de idade. Memórias muito vivas e pulsantes. Sentei algumas mesas de distancia da mesa que sentava com alguém que não morei junto, mas significou muito mais...e ainda dói...e não se faz
muito tempo que ele voltou para meu estado querido e eu fiquei...como quem espera a novidade boa chegar...mas ela não chega.

Acho que por isso a reunião foi trágica. Olhei a mesa que a gente sentou uma noite antes do carnaval...e havia um casal mal humorado nela. E a gente ria tanto.Depois passei pela frente do flat que ele morava e de lá voltei ao trabalho.

Resultado: escuto Damien Rice, me sinto uma EMO e não entendo porquê gosto ainda tanto dele. Será que é pelo simples fato de saber que ele não ficaria comigo? De alguma forma injusta eu já sabia dentro de mim? Será que é porque eu não tenho em quem pensar? Nada mais interessante?

Será um tipo deprê que eu tô criando para mim? Quanto mais eu penso, mais busco respostas, mais tento responder meus porquês e eles são tanto...grandes...cheios de vida e fazem tanta
algazarra dentro das minha idéias...e quanto mais intensamente quero entender..chego a unica conclusão que quietinha...lá atrás de toda a bagunça mental que tem aqui dentro, tenta chamar minha atenção: amor não se explica. Eu senti e sinto. Amor é bem grandão...e de alguma forma é cruel porque dói por dentro.

Ai...nessa lógica tenho que voltar ao meu trabalho, olhar a janela de vidro que na minha frene mostra o céu do jeito que eu gosto: nublado, e as pessoas passando na rua me indicando que o caminho ainda está aberto e temos que seguir...

respiro fundo...o dia está quase no fim...para mim já acabou a muito tempo...mas vou enganá-lo e ser gentil com o tempo...o tal senhor dos enganos que apaga os momentos sofridos...

segunda-feira, 22 de outubro de 2007

Praticamente um atomo de nucleo fissurado...

Hoje fique 40 minutos subindo e descendo o elevador da faculdade...me senti na uninove lá com toda sua péssima forma de gestão de empresa e de alunos...desculpem os leitores que estudam lá...

Meu...que saco ficar procurando sala e assinando coisas e blablabla...odeio...

Hoje começa a semana de iniciação científica e eu realmente não vou assistir nada...aiquesaco....

vou ligar pra minha irmã...e falar da festa do meu sobrinho! Que fofim!

quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Ave maria, please pardon me.
If in your house I come stealing.
Ave maria, no one ever taught me about kneeling.
Ave maria, please will you keep me.
From this misery madness and fools.
Who rule this evil world.
Ave maria, I'm a stranger and you're my last recourse.
Ave maria, please can't you hear me.
Please take down all these walls between us.
We all should be as one.
Ave maria, please watch over my life night and day.
Ave maria, Oh please protect me.
Please guard me and my love now I pray.
Ave maria.
If you can see inside of me, as I can see inside them.
You will know of all these men, which of them really loves you.
Esmeralda you'll see, that only my love is true.

Pagan Ave Maria Lyrics

terça-feira, 16 de outubro de 2007

Desisti de não gostar do carro...somos amigos...Fiz chiquinhas nos cabelos e fugi da reunião...tô serelepe...

segunda-feira, 15 de outubro de 2007

Hoje sinceramente pensei em vender meu carro, andar a pé não ter dor de cabeça com nada relativo a trânsito...odeio ter que dirigir...odeio ter necessidade de dirigir e por isso eu adoraria estar morando na europa e usar bicicleta e quaaaaado fosse pegar estrada...ai sim...somente nessa situação, dirigiria um volvo qualquer ou uma bmw...

Hoje to chorona que nem semana passada...confesso que estou começando a ficar preocupada...será q to entrando em depressão? Mas que saco de vida...anualmente eu tenho q ter uma depressão?

Confesso que hoje o dia não está um dos mais coloridinhos e eu penso nas coisas que vivo e na força que faço para vive-las...e elas me parecem pesadinhas demais...ainda não tô na tpm...acho que odeio mesmo é fazer coisas que eu não quero...dirigir...seguir algumas regras de cunho profissional...não ter dinheiros para alguns mimos...

Minha mão tá inchada e dói por causa do maldito borrachudo...quer saber? queria minha casa, minhas gatas e a possibilidade de dormir até seilaquando...

Queria tomar café mas a meleca da ritalina não gosta...vai entender...

domingo, 14 de outubro de 2007

Minha mão tá parecendo uma raquete de tenis...um borrachudo idiota picou meu dedo mindinho...e agora ela está vermelha. inchada e doendo...espero que ela não caia...

adoro acampamentos...mas odeio a parte que eu sou fresca...volto pra casa daqui algumas horas...de raquete nas mãos.

sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Tô em Santa Catarina...já brinquei com o meu sobrinho, comi porcarias, entrei no sono fatal que sempre me acomete toda vez que venho para cá...

Não trouxe as ritalinas pq não quero nada muito fixado na minha mente...

Resolvi...durante a viagem...criar uma comunicação diferenciada de mim e de minhas músicas...isso me occoreu ao conseguir finalmente ouvir minha lista do ipod e perceber quão variada ela é...e de ótemo bom gosto...pelo menos eu amo todas elas...hehe

A conexão aqui é bem lenta...vou terminar de ajeitar o micro da minha irmã...só vim passear no bloguinho mesmo...
Chorei muito no trampo hoje...um daqueles choros super sentidos...imensas saudades da minha familia...chorei de soluçar e pra todo mundo ver e ouvir...não controlei...por mais que quisesse num consegui...a única coisa que eu queria era ir pra casa da minha irmã...eu vou. Tô bem feliz e disperta para essa necessidade...eu sempre achei ruim estar morando numa terra que não tenho raiz e nem história...estou fazendo ela agora...mas sinceramente eu tinha certeza de que saudades era frescura...

Hoje, lembrando dos soluços infantis e cheios de saudades entendi a importância das raizes e das histórias...acho q isso é uma das molas propulsoras...Hoje nada mais me importava...só ir para a casa da minha irmã...ver meu sobrinho...zoar com meu cunhado...

Tava num churrasco até agora pouco...meus coleguinhas são ótemos...mas acho que dei balão no papgapau...me deu certa raiva...e dentro da lógica de raizes...acho q estou certa...Ele tem a ex que ele não se decide...eu pareço meio dificil para ele...embora eu faça coisas claramente por causa dele e dê as devidas indiretas com certos cuidados...o mino saiu para ver a ex no meio do churrasco q ele tentava me convencer a ficar até mais tarde e depois ir para outras baladas...me revoltei e fui...nem vi se ele voltou...e a vingança mais doce é a parte que ele tá a pé com um guarda chuva quase do tamanho dele e vai ter que levar o desgraçado para a balada...ele ia deixar aqui em casa...

Mas revoltas a parte eu o entendi hoje...depois dos meus chororores...eu entendo que a mina ex dele é raiz...respeito isso...e como não gosto dele...é só pagapau mesmo...vou respeitar a historinha e sair de leve...

vou nanar e ficar bem para amanhã pegar a estradinha e ir saltitante para a casa da minha irmã!

Beijos manhosos da chorona

quarta-feira, 10 de outubro de 2007

As pessoas não me respondem mais no msn...acho que estou ficando chata...ou sem ter o que fazer...passei pela Lima e Silva e um barzinho que tem lá acabou a energia e todo mundo gritou...lembrei do internato...todos são iguais...meninos bons e maus...e os do limbo também...

Vou pra casa da minha irmã final de semana...tô carente...acho que acostumei a ficar perto deles...vou fazer uma loucura financeira...mas fará bem para minha alma...e será péssimo para o bolso...

Acho que vai ser legal ir para lá...falar das minhas crises e rir um pouco...e assistir a palestra da minha irmã sobre auto-estima...apropriadíssimo para a ocasião...quem sabe minha cabeça fica organizadinha...

vou estudar...e cantar um pouco...para deleite dos vizinhos...hahahaha

terça-feira, 9 de outubro de 2007

Estranhos...esses são os dentro de mim...mas convivem bem com os conhecidos...uma espécie de simbiose planejada...uma educação meio forçada...

Estou um pouco insatisfeita com meu lado profissional. Aparentemente ele está perfeito, estou crescendo, estudando muito, abrangendo novos conhecimentos...mas me sinto meio perdida em ideais...e estes são os que mais tenho...num sei pra quem falo isso...é tão estranho...essas responsabilidades e a obvia constatação de que tenho limites nítidos.

De repente isso é fruto de uma cabeça que não para de pensar...Hoje o paulista da Samsung que é a cara do ex foi lá...que horrível...que sensação...agora posso chorar um pouco...já passou o trampo...a aula...estou só não consigo entender porque isso ainda me afeta tanto. Custo a aceitar que meus sentimentos por ele são tão fortes que ultrapassam os entendimentos normais do dia a dia...essa coisa de se encontrar e se perder cai por terra...dói o suficiente para encomodar...

É estranho...fico querendo entender em que ponto do nosso relacionamento ele se tornou essencial...parte do meu todo...como se esse entendimento fosse, de alguma forma, dizimar um pouco desse estranho sentimento de perda...pq tanto valor tem tudo isso pra mim? Não tinha que ser assim...o que me resta? sentir...

As vezes acho q potencializo isso tudo...como uma espécie de punição...mas depois vejo que sinto mesmo e tenho q encarar: realmente algo muito parecido com amor aconteceu dentro de mim...estranho esse...estranhos dentro de mim...

segunda-feira, 8 de outubro de 2007

Há outros dias que não têm chegado ainda,
que estão fazendo-se
como o pão ou as cadeiras ou o produto
das farmácias ou das oficinas- há fábricas de dias que virão -
existem artesãos da alma
que levantam e pesam e preparam
certos dias amargos ou preciosos
que de repente chegam à portapara premiar-nos
com uma laranja
ou assassinar-nos de imediato.

Esperemos
Pablo Neruda
(Últimos Poemas)

domingo, 7 de outubro de 2007

Hoje tá meio friozinho...bem gostoso o dia...acordei tarde...vi tv...arrumei a casa e cuidei de mim...mas não estou muito a fim de estudar...mas vou...mais tarde.

Estava refletindo sobre o fim de semana em termos virtuais e reais...lembrando que o fim de semana começou na sexta a noite...Se eu pudesse dar um nome só, a todas as vivências deste pequeno numero de horas seria algo como: falso-lúdico-emocional.

Muitas coisas que aconteceram eu detestei, outras foram engraçadissimas como quando eu e a Simone estavamos comendo pizza no cavanhas e criando roteiros de filmes de mistério.

Isso foi bem engraçado...tô ouvindo Nei Vansoria mas acho ele meio deprê...mas tô ouvindo...

Ontem, entre conversas e risos, eu ouvi uma frase que me deixou pensativa a respeito de muitas coisas e muito mais a respeito de relacionamentos.

Fiquei um pouco assustada com a visão que tenho disso, com o modo no qual conduzo os meus e principalmente como preciso falar disso para aprender a respeito...me deu uma vontade bem grande de ficar sozinha...reflexos da reflexão...queria saber colocar em palavras o mundo de coisas que estou sentindo...mas acho q essas coisas ainda não tem uma forma concreta...senão saberia o que escrever...

Mas eu sei de uma coisa: Antes não me relacionava por medo...depois me relacionei por coragem...e hoje me relaciono por necessidade. Isso me parece estúpido...mas a cada dia que passa percebo q a vida é assim...convêniências inconvenientes, brilhos plásticos e um incessante aparelhado de impossibilidades...

Ok...tô num dia "out"
Então...hoje o dia foi doido pois:
Dirigi meu carro com o freio de mão puxado;
Tomei um porre;
Beijei um menino que nem percebeu que o beijei;
Esqueci 2 vezes minha chave de casa em lugares que tive que voltar para buscar.

Fui na bienal...meu olhar:
















terça-feira, 2 de outubro de 2007

É...diria que hoje foi um dia produtivo...prestei atenção na aula, fiz novos amiguinhos, trabalhei enloquecidamente e ainda falei no msn praticamente a tarde toda e ainda por cima descobri que meus sentimentos estão modificados...sei lá...parece que aquela ansiedade que eu tinha foi embora...e agora to na minha...sei lá...ultimamente ando fazendo e sentindo coisas que eu nunca imaginei...deve ser a tal da lucidez...

Vou pagar contas e nanar

Bjo

segunda-feira, 1 de outubro de 2007

então...hoje estou translúcida...semana passada foi complexa mas passou...essa semana também será pedreira mas já tenho meus super heróis!

Entrei numas de desenhar...isso partiu da vontade de desenhar "toscamente" que fique claro...pessoas especiais da semana passada...então...minha singela homenagem a esses seres mágicos que fizeram da minha semana boboca um pouco coloridinha!

Essa semana decidi muitas coisas...algumas afetarão sobremaneira toda minha existência e dignidade. São elas:


  1. Troca as musicas do Ipod
  2. Dirigir meu carro
  3. Tomar as ritalinas de forma correta
  4. Ir na estética fazer depilação e massagem
  5. Não inventar receitas culinárias
  6. Ser amável com os coleguinhas malas do grupo da faculdade
  7. Levar a Simone para passear
  8. Colocar a pedra que comprei para minha mesa de trabalho na mesa de trabalho
  9. Achar que a vida é um grande moranguinho
  10. Usar o cabelo solto (essa será a parte mais complexa...)

Ouvam: Amy Winehouse
Usem insensos de Absinto
Desejem sempre!

Momento "que lindo meu viver":