sábado, 23 de setembro de 2006

Cada vez que recebo um egan falando do torneio em Santos quero cometer um harakiri...eu não vou...
O cúmulo do "workahollicquismo"...

passava eu pela praia de belas saindo do shopping e indo pra casa...munida de: revista de moda, coisas para o rosto e um único pensamento: "porque a macromedia num cria um flash que salve arquivos executáveis com uma extensão tipo mpeg ou um avi descente..."

Preciso de um legítimo fim de semana

sexta-feira, 15 de setembro de 2006

Ok...o quentinho já está se manifestando e é realmente trágico...ainda bem que eu sabiamente o previ em alguns aspectos.

Essa minha fase sem namorados está muito legal...estava realmente precisando de um tempo para mim. Tô cuidando da minha pequena vida, do meu profissional, do treino e blablabla...a falta de companhia para ir na livraria ou beber cerveja eu supro com amigos e realmente beijo na boca e sexo por hora estão bem fora do contexto do meu dial.

Mas é justamente quando a gente está sossegada e planando como uma ave fofa e penadinha no céu do "single mode" que aparecem as complicadas situações "complexativas".

E vocês sabem que tem uma lei "telepática, onipresente e oniciente" que informa todos os homens da face da terra quando não queremos namorar ninguem porque estamos dando um tempo né?

Essa lei aciona imediatamente toda a casta masculina e da-lhe pagação de pau...muitas sucumbem...e eu consegui passar teoricamente ilesa...hihi...

Mas o "quentinho" matador é disso mesmo: lovinhos...e eu sou uma aquariana e como se não bastasse ser aquariana sou designer...então já viu...o diferente é meu predileto e os inusitados minhas paixões...e o "quentinho" cachorro do jeito que é (quem não sabe o que é quentinho vide um post de uns 3 dias atrás muito gigante com toda a teoria do "quentinho" e do "pulga atras da orelha"), soube muito bem me induzir e meus olhinhos xeretas e avidos por novidades, já estão brilhando...

engraçado...existem dentro da minha cabeça maluca ações que marcam profundamente um sentimento de real valor num relacionamento...meio metódico demais mas é fato: eu me caso com o cara que me der flores! Mas as flores tem que ser iris!! Já pensou que fofo ganhar Iris em um arranjo todo xuxu?! Até o pieguérrimo e "fora da casinha mode" do jargão: "flores para uma flor", digo, "iris para uma Iris" ficaria fofo e fofo e muito fofo novamente...

Outra coisa realmente "matrimonial", que despertaria meu lado mais romantico de ser é uma dancinha romântica em qq lugar publico ou não...ai "deu-se a tragédia"...o cara me ganharia certo...bem...na verdade até minutos atrás pois se algum desses meninos que fazem parte do clã da "leitelepática, onipresente e oniciente" estiver lendo e fizer isso já era...hehe...

Mas na real, o que mais acho bacana e quebra todos os paradigmas relacionados a ficar só e curtir minha casa, meu trampo e meus gatos (no caso gatas: boolie e pepa) caem por terra quando o sentimento é diferente. É alguma coisa complexa mesmo...algo que sai do comum de se apaixonar...deixa tentar explicar para não parecer mais mané ainda: É que nosso pequeno coraçãozinho está acostumado a sentir um afago delicado e doce quando tem alguém dentro dele.

Ai a gente fica fofa, apaixonadinha, tudo fica muito cor de rosa e ai o footprinting no google rola solto (hahahaha...quem nunca fez que atire a primeira pedra).

Ai aparece um cara do além, fora dos padrões de fofices predefinidas por nós meninas, com um papo do além e causa reações além do fofo e cor de rosa...sim...também essas...óbvio...ai já era.
Adoro inusitadas sensações dançando na minha cabeça. Sim...acho um saco mornidão sentimental...oq é absolutamente diferente de não querer estar junto e ficar namorando 200 caras...nada disso.

A regra é muito clara: prefiro ficar sem ninguem do que ficar ficando e cair na burrice de pensar q "uma hora eu acerto"...acho isso o fim do mundo do uó...praticamente o apocalipse...na real, acho q sou romantica demais para achar q "uma hora eu acerto"...na na...radical sim...mas sei lá...pra básica nunca servi mesmo.

Hoje estou tagarela pois tenho muito sono...to até pensando seriamente em desmarcar a balada que tenho pra dormir...êta coisa de véia mas não gente...é sério: semana inteira dormindo no mínimo meia noite e levantando as sete...a última vez que fiz isso parei no hospital...fresca? nããããããão...impressão sua dear coconut...hihi

Hoje estava vindo trabalhar e pensando nas grandes perdas materiais da minha vida...momento triste não fosse encontrar a Josi Renatinha no meio do trajeto acho q teria chorado essas perdas...são elas:

- Minhas 500 partituras de operas completas, cantatas e musicas pupulares adaptadas pelos meus maestros competentérrimos;
- Meu Neruda "confesso que vivi" 2 edição;
- Meus Jô Soares;
- Meus Luli Radfaher;
- Meus diárido desde 1986 (sim...escrevo desde a barriga de mamãe...mas estes textos estão com titia...menos mal);
- Meu shorts jeans de uma grife bahiana bem boa;
- Minha filmadora.

Esses são traumas insuperáveis que tenho q aprender a conviver...estão por ordem de importancia...minhas partituras acho que nunca mais na vida vou conseguir as mesmas...de repente mais ou menos mas nunca aquelas...passei uns 5 anos colecionando, suplicando, pesquisando...sinto muita falta delas...da habbanera...da primeira musica que cantei quando comecei a fazer canto...putz...tô ficando depressiva...a minha construção foi feita por muitas destas coisinhas...acho q vou tomar um café e voltar a tabalhar...caraca...minhas partituras...o coral do Paulo Buchala...putz...dias exaustivos de ensaios...putz...não vou corrigir o texto...to depressiva nível 5 agora...o quebra nozes...

quinta-feira, 14 de setembro de 2006

Credo...to cansada com dor de cabeça e toda tensa...e tô triste por não poder ir ao torneio em santos...tava tão empolgada mas seria muita porraloquice fazer esse investimento...mas eu vejo os caras mó empolgados e eu não vou...até ja falei pra Claudia que nesta data vou la ajuda-la pois ela tem um evento e vou ficar de babá para meu sobrinhofo...mas tô triste...

Acho que ando trampando demais e investindo demais e não sobra dins para nada...sei lá...na verdade acho que estou stressada essa noite e realmente queria dormir. Preciso dormir...ai se resolve tudo...até a dor de cotovelo por não ir para santos...

acho q estou enloquecendo as pessoas por conta do meu bogu..queria um do bonitinho e isso é meio patético pois estamos falando de uma armadura de luta...mas sou menina pronto e acabou. Quero um bem bonitinho...

Na verdade quero dormir...mas preciso comer....

terça-feira, 12 de setembro de 2006

Existem duas sensações marcantes no meu cotidiano que são divisores de águas psicologicas, mentais, fisicas e sociais (exatamente nesta ordem).

Uma é a sensação de "pulga atrás da orelha". Considero este evento muito importante pois significa que "vem bomba" e que terei muito trabalho para desarmá-la... mas isso é positivo pois a carga de crescimento que vem com ela é muito bom. O efeito pode ser, quase sempre, muito triste, tenso e stressante mas dá pra olhá-lo como um tabuleiro de xadrez e ai começa a ficar interessante. Não fosse a minha ansiedade a "pulga atrás da orelha" seria praticamente um acontecimento social glamouroso e altamente recheado de sábios decodificadores.

A outra sensação, não menos importante é do "quentinho". Esta definitivamente é bélica, perigosa e a porcentagem de acrescimos é sempre mínima.

Primeiro porque "quentinho" se camufla...a "pulga" não. Uma vez "pulga" sempre "pulga" e o "quentinho" se disfarça de verão...quando o "quentinho" aparece no inverno tudo bem...é uma dica valiosa para saber que se trata da sensação e não da temperatura. Por outro lado, quando surge no verão fica mais complexo.

Ele pode ser sono, clima, estado de espírito empolgado ou a sensação que precede a coisa...coisa mandada sempre...eca.

O "quentinho" vem com um friozinho na barriga muito parecido com aqueles que eu tinha quando cantava solos em casamento ou na igreja...pior de tudo é que o "quentinho" é confortável, deixa feliz e não se sabe porque.

Um bom "quentinho", mas raro, é o que é precedido da "pulga atras da orelha"...esse sempre é muito positivo. Já o "quentinho" solitário é perigoso pois dá uma sensação de "bobo alegre"

O "quentinho" com a "pulga" geralmente trata-se de lovinhos...ai é tudo de bom...

Mas o "quentinho" solitário nunca se sabe o que é, de onde vem e porque mas geralmente é algo que no final será frustrante. Exemplos de "quentinho" eu não me lembro pois eles são chatos...lembro de um "quentinho" precedido de "pulga" que foi quando me mudei para Porto Alegre...ótimo "quentinho"...

Mas desde ontem estou com o maldito "quentinho"...já dei uma geral nos meus projetos, planos e sensações...bem como loves, familia e sonhos e nada...nada remete ao "quentinho"...só posso crer que este é de um nível de complexidade maior do que se imagina...quero muito que seja temperatura mas não me parece...hoje colocarei meu sono em dia para dizimar mais um consecutivo do "quentinho" e, caso ele continue...dias de tempestades virão...

Pessoas que me leem...muita atenção com os "quentinhos" da sua vida. Eles são traiçoeiros.

Deixa pra lá o "quentinho"...
Semana que vem vou fazer a "documentação" para colocar aparelho e estou pensando em fazer um super peelling no meu rosto para acabar de vez com as malditas sardas...

segunda-feira, 11 de setembro de 2006

ok...sao quase 4 da manhã e eu estou "consertando" meu microlino...tudo por causa do nojento service pack 2...

Dudu fofinho formatou minha maquina hoje...quer dizer...ontem...adoro o du...começo a pensar se não devíamos realmente namorar...mas acho que não sou uma moça de familia e com a cultura que ele queria em uma mina...e também não seria capaz de viver a sombra dessa impressão... acho que amigos devem ser sempre amigos...sei lá...dia desses com essa minha boca aberta talvez eu fale para ele...

Minha casa e meu micro estão limpos, eu to morrendo de sono mas tenho que terminar isso ainda hoje pois amanhã tenho muito trabalho para fazer e não posso "perder"uma noite consertando a pequena parada digital...vou continuar pela minha busca do reparador de arquivos pois desinstalei o service pack para minha net funcionar...c acredita que o cara da brasil telecom me mandou comprar outro modem? Ainda bem que sou teimosa, chata e xereta senão ja ia morrer com uns 200 reais tranquilamente...vou continuar minhas xeretices agora que a net está estável...

beijocas

sexta-feira, 8 de setembro de 2006

Engraçado...

alguns lideres são vaidosos demais para enxergar algumas coisas óbvias...acho que esse é verdadeiro declínio dos seus comandos...acho mais...acho até que essa vaidade em demasia não permite que eles distinguam o certo do errado, a boa da má companhia...complexo...tenho certas duvidas às suas reais competencias...

O mais engraçado disso é prever as mudanças...

terça-feira, 5 de setembro de 2006

Hoje estava cruzando a Ipiranga com a Praia de belas e no semáforo me deparei pensando em números de 3 digitos...Acho que estou ficando maluca...299,00...395,00...150,00...acho que essa vida capitalista me consome... mas porquê nos 3 digitos? Não podia ser em dois digitos? Num posso ter essa cultura de 3 dígitos...tenho medo das minhas futuras prestações e compras...

Hoje foi um dia infernal, revoltante e extremamente denso...mas acabou e estou bem...a vida profissional as vezes é complexa...na minha campanha "Tornei em Santos" estou pegando até consultoria de políticos para agregar valores à minha conta bancária...vamos ver se rola...

No mais tá tudo lindo e fofo porque o amor é um chuchu e tem nome completo e uns adjetivos que eu mesma dei a ele e todos muito bons...saudades de ve-lo...sim povo é platonico e eu tenho quase trinta mas tô absolutamente feliz com essa "novidade"...num quero nada que avance antes do tempo que tem q crescer...

mudando de assunto...tá frio...uiui...

Amanhã não vou treinar...tenho reunião de projeto...aiai...reunião é algo stressante...