segunda-feira, 30 de outubro de 2006

As vezes, num impeto de participar do seu dia e sentir sua presença mais perto do meu cotidiano, abro a janela e espero sua foto, confusa em meio a tantas outras informações visuais, carregar.

Meus olhos brilham e um filme romantico de inúmeras possibilidades felizes passa rapidamente dentro de mim. Vontade de dizer alguma coisa que ainda não sei o que é...

olho...fecho a janela e a realidade se faz...

continuo o dia. Mais perto de você.

domingo, 29 de outubro de 2006

...fui justificar meu voto e vi uma enorme fila no "tudo pelo social" (restaurante BB que tem na rua. BB de bom e barato) e fiquei pensando como sou chata. Jamais ficaria numa fila, num sol ridículo e abominável e num domingo só para comer lá...aliás...pouquíssimas coisas nesta vida me fazem enfrentar filas que não sejam obrigatórias...

Um inseto não identificado mordeu meu braço branco e estou com um vermelhão que cresce a cada dia...se continuar assim vou virar uma grande espinha....

bom...domigo chato...mas produtivo pois já estou terminando alguns trampos...vou continuar ouvindo minha rádio novaiorquina predileta e terminar logo as paradas para ver filmes e comer pipocas com a japa que daqui a pouco vem aqui...

Meu cérebro está dissolvendo de tanto estudar japonês...a forma complicada para eu ser didática comigo mesma é desgastante...mas já consigo desenhar e entender 4 coluninhas da tabela de hiragana que eu estou estudando...

quinta-feira, 26 de outubro de 2006

Pois então...vou ter que arrancar meus dois cisos (os outros dois não vão nascer...hihi)...mas estou querendo manter isto em segredo pois histórias trágicas de extração e período de gravidez todo mundo tem...hehe. A parte mais legal obviamente é que vou ter que tomar sorvete por um longo tempo! Vou comprar semana que vem...hihi...já vou começar meu estoque de sorvetes" uhull. A jóia que me aguarde.

Pelo jeito minhas tão sonhadas férias estão com os dias absolutamente contados...acho que uma das corporações a que pertenço não me liberará...mas...de todo mal...agor tenho um ipod e isso realmente é fofo e lindo...fui

domingo, 22 de outubro de 2006

Sonhei com meu pai e minha mãe...meu pai estava mais lindo do que nunca e com o semblante mais doce que eu já vi...ele estava na cama dele, com o cobertor predileto dele que hoje é minha boina e minha mantinha...eu tava chorando por causa do du que tinha feito algo muito ruim...foi estranho esse sonho.

Acho que todos os meus arquétipos estavam neste sonho. Mas o saldo é uma grande felicidade de ter sido educada por eles nos meus primeiros 7 anos. Eles me salvaram sem imaginar que eu correria perigos urbanos...

quarta-feira, 18 de outubro de 2006

Sabe...as vezes eu reclamo dos meus dias, fico pensando o que estou fazendo nesse mundo chato e enfadonho. Reclamo do excesso de trabalho, da falta dele, da porta da cozinha emperrada enquanto a Boolie fica trazendo seu "lacinho cor de rosa" para eu jogar e ela buscar e trazer, do stress, do amor não correspondido, da impressão de estar sendo "futil", da vida...
Ai eu recebo um email simples como esse ai de baixo e todas essas reclamações, em fração de segundos caem por terra e fica a doce e suave certeza: De alguma forma, feliz ou não, estou fazendo a minha parte na construção de alguma coisa que não sei o que é e, possivelmente nunca saberei.

Bacana viver...


Oi Iris,

Gostaria de agradecer pela imensa alegria que hoje estou sentindo por estar fazendo o curso de Web Designer, e quero que saiba que você foi fundamental nessa decisão... decisão que pra mim foi na verdade um grande passo em minha vida, pois faziam muitos anos que eu não estudava e que na verdade eu ficava inventando desculpas para ter essa atitude.

Desde a primeira vez que vi os e-mails de promoções daqui, perguntei quem fazia e me falaram que era vc, e a cada e-mail que chegava eu ficava mais fascinada, e hoje fazendo o curso estou numa alegria que vc não imagina, pois descobri que realmente gosto disso.
Sabe Iris, tenho 32 anos, e se me perguntassem - O que vc quer ser quando crescer? Eu não sabia responder, mas hoje eu seiiiiiiiiiiiii!!!!

Você acredita que as pessoas que conhecemos não passam em nossa vida por acaso? Pois é, eu vou ter 98 anos e vou lembrar da Iris que trabalhou comigo na Mazer e foi a pessoa que DEUS usou para me ajudar nessa decisão.

Ah! ELE não faz nada por acaso, ELE cuida de cada um de nós, tem amor verdadeiro, nos conhece profundamente e sabe o que é melhor para nós!!!

Iris, não vou me estender muito, vamos marcar de tomar um café (vc gosta de café?) qualquer dia desses e conversarmos.

Iris, te desejo de todo o meu coração que você seja muito feliz e tenha muito sucesso em sua vida.
Você é muito especial e querida.
Um grande beijo em seu coração.
Que DEUS te abençoe!!!

terça-feira, 17 de outubro de 2006

Hum...estou escrevendo no blog, ouvindo Jewel e feliz por não estar com tanta dor na nuca. Meu super tratamento anti-stress está funcionando super bem...vou começar a fazer aulas de japones...tchau

sexta-feira, 13 de outubro de 2006

hum...tô ouvindo Jewel...tempão que não ouvia...obviamente que os cds que ela ainda tocava e cantava folks e não se achava uma Britney Spears...bons tempos aqueles...

Ontem foi extremamente produtivo o feriado. Dormi, alonguei, comi coisinhas naturais feitas por mim e aproveitei para organizar minha dieta. Arrumei a casa e até falei com um amigo (daqueles que não são apenas amigos...hehe...) que a muito tempo não falava...estava fora de Porto Alegre...voltou...achei ótemo!

Estou me achando muito madura em alguns aspectos, principalmente no que diz respeito a amar. Acho engraçado todo esse processo de mudanças que aconteceram dentro de mim em um pequeno período de um ano. Muita coisa e muito rápido e por isso até entendo minha exaustão psicologica. Mas o mais legal disso tudo é a sensação de cuidado que estou tendo comigo. Hoje por exemplo ainda não tive dor na nuca e nem dor de cabeça e meu humor está muito estabilizado.

Falei com o sempai no ultimo treino sobre ir a sampa fazer shugio...não sei...posso estar absurdamente enganada porém quando se trata dessas coisas eu nunca me engano, mas acho que vai ser muito bom ir para lá treinar. Tô me preparando para isso e aquela sensação "pula-pula", que eu tenho quando estou na iminência de fazer algo muito bacana, não para de acontecer.

Hoje vou na academia novamente e quero ver se corro...aproveitar que ela vai estar vazia...hihi
Bjo

terça-feira, 10 de outubro de 2006

Ok...fui na academia e sobrevivi...engraçado com ando bem condicionada...emocionante. Meu segundo dia de stress passou bem obrigada e o fato de eu estar fugindo da campainha não significa em absoluto que eu esteja fugindo das pessoas.

Ouço Damien Rice neste momento e não estou chorando...praticamente um milagre dos hormonios! Quando voltei do treino de academia a Boolie estava se enforcando na janela...definitivamente terei que trocar a rede de segurança se não quiser perder meus gatos...minha gata preta mais especificamente.

Comecei a montar meu roteiro de viagem e preciso achar um terceiro lugar para ir...quero minha cama...tchau...amanhã tem treino no dojo.
Hum...estou stressada de verdade...com uma leve depressão e isso me fez tomar medidas drásticas, urgentes, chatas e metódicas como por exemplo...me matricular em uma academia. Ontem eu parecia uma louca procurando academia, mas achei uma que combina com meu bolso e meus horários.

Hoje começo...e isso não é divertido pois tem uma grande quantidade de moleques...num tem tanta mulher...mas muitos moleques...mas eu estou e sou uma stressada nivel 5 então acho que passa...falando em passa estou tomando remedinhos obviamente naturebas e já estou fazendo o roteiro das minhas viagens de férias...descobri que preciso comprar uma máquina fotográfica.

Alias descobri tanta coisa esse fim de semana que estou chocada: descobri que tenho pensamento acelerado, que minhas dores de cabeça sao por tensão da nuca, que amo meu melhor amigo que não tá nem ai para mim do jeito que estou para ele e por fim descobri que o mundo continua sendo mau,feio e cruel...e que a vida definitivamente não é um moranguinho...

Bom...já que tudo é inevitável tenho que conviver tanto com os sentimentos descobertos quanto com as novas atividades vou tentar ver o lado bom de tudo...vou morrer de tanto fazer esteira e começarei a ter vontade de ser maratonista!com o amor que tenho em mim "on way" vou reverter para meus alunos na UFRGS ano que vem ou outra escola qualquer e vou tentar mudar o mundo, com meu pensamento acelerado vou criar projetos o tempo todo para viver uma vida de planejamento e execução...

vou viver um "Six Sigma pessoal" (to até vendo essa palavra otimizada no google...ô vida arbitraria)...e agora, neste exato momento vou tomar um gole de agua, respirar profundamente e ouvir meu som ambiente no ultimo volume (nightwish, iron maiden, faith no more e Blind Guardian)

segunda-feira, 2 de outubro de 2006

Há 4 anos atrás, eu estava caminhando pela vicinal da universidade. Foram meus primeiros passinhos depois de meses sem conseguir andar.

Me deu uma emoção bacana ontem a noite me dar contar disso. Me lembro que foi exatamente no dia em que estávamos votando para primeiro turno e o Lula maletinha começava a ganhar a presidencia do Brasil. E eu nem pude justificar pq comecei a andar depois das cinco da tarde.
Já se passaram tantos dias e eu me lembro de tanta coisa daquela época e com tanto respeito. Aquilo foi o começo, o gerador de um caos sem medidas e deste acontecido minha vida mudou completamente e hoje sou essa Iris.

Se eu falar que tudo foi tirado de letra certamente estaria sendo mentirosa pois foi a duras penas e forjando forças que eu consegui passar esse ciclo que me fez uma pessoa bem melhor.
As vezes tenho tanto medo de esquecer tudo o que ficou para trás e viver "dondocamente" sem a humildade e gratidão necessária.

Lembrei da minha mãe esta manhã e fiquei feliz. Lembrei de como ela era uma pessoa melhor e buscava fazer sua parte nesse mundo feio-feio. Lembrei das caridades que ela fazia nas favelas, de como ela se movimentava para conseguir coisas para os carentes lá em sampa. Lembrei de um caminhão gigante que parou certa vez em casa por conta de uma campanha para os Flagelados de Santa Catarina...isso ficou bem marcado na minha cabeça.

Como ela tinha amor dentro dela. Ela era de um gênio dificílimo. Se vc pensa que mamãe era uma santa, gentil, doce e imaculada esqueça tudo o que conhece a respeito de pessoas bondosas...Minha mãe era uma mala...mas era super do bem.

Fico feliz de ter herdado o gen dela. Queria ser mais bondosa e fazer uma diferença social como ela. Agora que parei com meu trabalho voluntário me sinto vazia e mais longe de ser uma cidadã que faz a sua parte.

Hoje é um dia de celebra: A vida e a morte. Os começos e os fins dos ciclos que nos modificam o tamanho. Estou feliz sim. Sou sobrevivente e tive uma mãe para me ensinar a gratidão e a humildade. Me emociono.
Mas hoje o dia será brilhante, o melhor. O dia de celebrar.

domingo, 1 de outubro de 2006

hum...dia de eleição...ontem fiz uma super lasanha para meus amigos e comemoramos a chegada da lanterna japa que a mãe da cris me mandou...to ouvindo evanescence...trabalhando num site que eu odeio agora (eu mesma fiz mas num gosto de ficar muito tempo em um projeto)...sobrou uma forma de lasanha pois fiz demais...e sobrou sorvete tb...acho que sou sem noção...hoje estou muito domingo...queria fazer alguma coisa que definitivamente não é o que estou fazendo agora...