segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Dilemas de Segunda


Os dias de segunda-feira são deprimentes. Não sei se por ter que voltar à realidade que queima a logica tranquila dos finais de semana dormidos e sonhados, sem estranhos invadindo minhas rotinas; sem enfrentamentos desnecessários; sem lutas que nunca levarão a vitória alguma.

Hoje, enquanto viajava pensava nisso tudo. Pensava no caos controlado e na necessidade de lutas para continuar a caminhar, a sobreviver. Senti que isto talvez nunca se modifique.

Gosto de mim, só de mim e de alguns poucos que transitam nos meus dias. Sei lá... todas as segundas são tristes.