quarta-feira, 24 de agosto de 2005


Eu tenho um sonho: Colocar todas as minhas contas em débito automático e nunca precisar cancelar.

quinta-feira, 18 de agosto de 2005

Hoje na aula rolou um stress do professor que dá aula depois de "eu"...perdi a hora e fiquei alguns minutos a mais...ele entrou brabo, vermelho (acredito que de raiva) e não respondeu minha indagação a respeito do exceder do horário...Ai lá fora a monitora disse que ele ficou cabrero mesmo...se fosse eu a coisa nem teria chegado a stress...eu entraria no meu horario como sempre faço...mas há pessoas e pessoas...

Eu por exemplo sou uma pessoa estranha...ou quem sabe esteja começando a ter sintomas de gente normal. Fiquei chateada com o "chatear" do professor...semana que vem vou colocar meu cel para despertar na aula...Mas não é essa questão...O engraçado foi a imensa vontade de contar isso a alguém...

Pensei em ligar paara o Du, depois para a Cris...e depois para a Claudia (irmã)...achei ridiculo e voltei pra casa para ver a Boolie Boolie brincar com seu mais novo brinquedo: Um macarrão caracolino.

Nessas eu me descobri tão carente de atenção. Nãoc arente de homem. Veja bem, nada a ver pois eu queria mesmo era uma avó para contar essas coisinhas corriqueiras...coisas que não se fala para psicologos pois acontecem todos os dias e assim quebraria bolso de qualquer ser humano...

É estranho...foge do meu padrão "acima do bem e do mal"...sei lá...deve ser tpm...vove tv.

domingo, 14 de agosto de 2005

Saca o momento...hihi


alta psicodelia...

sexta-feira, 12 de agosto de 2005

Preciso de uma conexão banda larga urgente!!!! por tv, radio, telefone, jornal, revistinha em quadrinhos...sei lá
O que não tá dando é trabalhar com marketing digital (ela se sentiu agora...0 e não conseguir mandar um email na hora que precisa!

Bom...acho q é isso...conexão discada é uó...e olha que nem moro em lugar escondido para não poderem instalar...Nem a meleca da Telecom pode trazer uma bandinha larga para mim!! è o fim dos tempos...

e eu já sei como será o ponto culminante do fim de tudo: A imensa construção na frente da minha casa vai ser uma casa noturna gigantona...Meu...moro no térreo...deu-se a tragédia...putz...tô até vendo...palhinha no teto...construção disforme...e vai abrir logo...

É...acho bom eu arrumar um emprego lá para as noites de sábado pois, já que não vou dormir mesmo...ao menos faço algo...essa cidade baixa é surpreendente...vamos orar para que não seja pagode...porque ai eu me mato.

Fui...

domingo, 7 de agosto de 2005

Hum...dias chatos...na real a chata sou eu. perdi meu treino por causa da pedicure....isso só afirma que sou mais mulher do que samurai...imagina se meus coleguinhas iriam se preocupar em deixar os pés bonitinhos porque ficam descalços no treino...Mas...olhando pelo lado positivo...eu pelo menos tenho a noção de não deixar as unhas coloridíssimas no treino...só base...não sei...mas acho q se for muito "menina" não absorvo muito a parada...Mas fiquei chateada comigo...poxa...por causa da pedicure...ainda que ela não passou esmalte...sai correndo e não deu tempo...

Essa cena, revista, me lembrou um seriado que passava na TV quando eu era pequena. Duma policial que tva na pedicure e viu um assalto (acho) e calçou a bota na correria...a cor do esmalte era vermelho e até hj fico imaginando o estrago...hihi...

Eu fiz algo semelhante mas com tenis e base apenas...Sei lá... No mais giboiei o dia todo e nada de util fiz...amanhã é dia de guerra...hihi

Vi a Boolie enlouquecer e fazer sons para chamar atenção...fiz creme de ervilha (meu predileto) e macarrao tropical ( em pleno 8° de temperatura) e só...

Tédio...ó a foto da loka da Boolie...tsc..t.sc...loka loka...

sexta-feira, 5 de agosto de 2005



No attorneys / To plead my case
No orbits / To send me into outta space
And my fingers / Are bejeweled
With diamonds and gold / But that ain't gonna help me now

You think your right / But you were wrong
You tried to take me / But I knew all along
You can take me / For a ride
I'm not a fool out / So you better run and hide

I'm trouble / Yeah trouble now
I'm trouble ya'll / I disturb my town
I'm trouble / Yeah trouble now
I'm trouble ya'll / I got trouble in my town

terça-feira, 2 de agosto de 2005

hoje eu me peguei pensando em alguém que não deveria pensar mais.
Me flagrei revivendo os planos que eu, sem perceber, fui criando
sozinha...na verdade nunca sairam do mundo das idéias.

Sonhei, logo pela manhã, que me pedia desculpas por tudo que havia
acontecido...isso me valeu uma boa parte das horas pensando,
refletindo, tendo saudades de um passado que não me fez nada bem e
que hoje está enterrado porém cheio de vontade de reviver.

Me senti tão fraca, insegura. Tudo aquilo que pensava a meu
respeito se foi e complexa vontade de chorar culminou em lágrimas
de saudades.

Saudades de não ser feliz? Saudades das idéias? Não sei ao certo. A
única coisa que sei exatamente é que se não houvesse um pouco de
amor por mim aqui dentro, já teria mudado essa história...mas o
final ainda seria infeliz.

Há uma discreta e continuada dor dentro de mim. Mas há, em
contrapartida, a certeza da minha melhor atitude.
Não acredito em amor ha muito tempo. E me vejo tão envolvida por
essa lembrança nem tão velha, mas intensa e cheia de promessas de
mudar conceitos, promessas de acreditar em amor e ainda mais, que
existem pessoas que encaixam na nossa vida perfeitamente.

Então...a realidade é uma única e preciosa pérola negra e o Guaíba
na zona sul é perfeito! Preciso ir mais vezes para aquele
lado...mas hoje estou tão fraquinha...poderia ser os exaustivos
exercícios e a dieta maluca mas é fraqueza de mente...quando me
deparo com saudades de um tempo ruim de falsas promessas não
consigo me entender.

E lamento pelas pessoas que entram atualmente na minha vida. Tenho
tentado tratá-las com muito carinho mas sei lá...me desanima o amor
entre homem e mulher...porque eu tenho certeza, dadas as minhas
vivências, que ele não existe.

Queria menos racionalização dentro de mim e menos medos. Hoje
queria muitas vontades de muitos recomeços...só isso.