sexta-feira, 12 de outubro de 2007

Chorei muito no trampo hoje...um daqueles choros super sentidos...imensas saudades da minha familia...chorei de soluçar e pra todo mundo ver e ouvir...não controlei...por mais que quisesse num consegui...a única coisa que eu queria era ir pra casa da minha irmã...eu vou. Tô bem feliz e disperta para essa necessidade...eu sempre achei ruim estar morando numa terra que não tenho raiz e nem história...estou fazendo ela agora...mas sinceramente eu tinha certeza de que saudades era frescura...

Hoje, lembrando dos soluços infantis e cheios de saudades entendi a importância das raizes e das histórias...acho q isso é uma das molas propulsoras...Hoje nada mais me importava...só ir para a casa da minha irmã...ver meu sobrinho...zoar com meu cunhado...

Tava num churrasco até agora pouco...meus coleguinhas são ótemos...mas acho que dei balão no papgapau...me deu certa raiva...e dentro da lógica de raizes...acho q estou certa...Ele tem a ex que ele não se decide...eu pareço meio dificil para ele...embora eu faça coisas claramente por causa dele e dê as devidas indiretas com certos cuidados...o mino saiu para ver a ex no meio do churrasco q ele tentava me convencer a ficar até mais tarde e depois ir para outras baladas...me revoltei e fui...nem vi se ele voltou...e a vingança mais doce é a parte que ele tá a pé com um guarda chuva quase do tamanho dele e vai ter que levar o desgraçado para a balada...ele ia deixar aqui em casa...

Mas revoltas a parte eu o entendi hoje...depois dos meus chororores...eu entendo que a mina ex dele é raiz...respeito isso...e como não gosto dele...é só pagapau mesmo...vou respeitar a historinha e sair de leve...

vou nanar e ficar bem para amanhã pegar a estradinha e ir saltitante para a casa da minha irmã!

Beijos manhosos da chorona

Postagens relacionadas

4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Por favor inscreva-se para receber as ultimas postagens no e-mail.