quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Hoje, mais um dia de noite um pouco tensa...ontem a vizinha bipolar resolveu chorar a falta de sua internet - em em decibéis acima da média - depois da uma da manhã...esta noite não me lembro conscientemente o que aconteceu mas sei que alguma coisa aconteceu pois acordei algumas vezes... e posso afirmar de uma forma energética, que estive em altas turbulências porém, não posso afirmar se foram ruins...acho que só turbulência mesmo...

Minha vinda ao trabalho foi excelente meu set list estava afinadíssimo com meu estado de espirito, logo...super cool...

No posto de gasolina conheci uma marca de cigarros que não me lembro o nome mas a embalagem é fantástica e muito slim...20 cigarros em uma mini caixinha linda...se eu fumasse certamente fumaria aqueles...obviamente fiz o moço do caixa deixar eu pegar os modelos de cigarro fino para minha necessária "olhada" com as mãos.

Cheguei no trampo numa versão "perua"...gente...adoro me vestir como dá na telha! Hj perua e amanhã só o amanhã decide! Hum...achei uma vaga na sombra...na verdade vaga "meliantíssima" no predio da empresa (que não funciona) ao lado...

No meu trabalho tem uma colega "modern hippye" que me mostrou um video sobre a mudança de 2012 para a 4 dimensao...de cara achei muito mato, pessoas dormindo no mato, comendo cru e nenhum sinal de tecnologia metálica ou wireless...muito lindo mas certamente não faço parte da lista VIP para a 4 dimensão...assim como nao faço parte dos 144.000 que irão ascender aos ceus quando o Cristo voltar...isto tudo me fez pensar seriamente nas religiões e na promessa de praticamente todas, de que haverá algo muito grande para acontecer, modificando  as rotas e os estilos de vida de todas as comunidades, visando a melhora de cada um e do meio em que vivem...

As vezes esta promessa me assusta. Não pelo fato claro de que eu não estaria na lista VIP destas religiões, seitas ou estilos de vida livre...enfim...me assusta pela necessidade coletiva desta mudança refletida nessas promessas e esperanças...que doido...quando Jung falava de arquétipos eu jamais imaginei que a coisa iria tão longe e de forma tão coletivamente inconsciente...

Mas é isso aí...e o baile segue!
vou workar...hj estou apaixonadíssima!

Postagens relacionadas

4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Por favor inscreva-se para receber as ultimas postagens no e-mail.