segunda-feira, 28 de agosto de 2006

Tô feliz.
De uma felicidade simples daquele tipo que criança tem quando vê uma bolha de sabão. Amei meu dia em todos os seus nuances e tudo que poderia ser ruim se transformou em felicidade...até esse resfriado chato não importou.

Adorei o hoje...e ele sera infinito dentro do meu coração. Pois ele nunca mais vai voltar. Não desse jeito...O amanhã pode ser perfeito e feliz tambéme outra bolhinha de sabão colorida e marota estourar bem na pontinha do meu nariz.

Mas o hoje é perfeito. Precisava marcar esse dia com uma certeza: Dia Feliz de criança que cresceu.

Postagens relacionadas

4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Por favor inscreva-se para receber as ultimas postagens no e-mail.