segunda-feira, 23 de maio de 2005

Tô ouvindo um daqueles sons que escuto quando fico pra dentro.
Esse fim de semana foi extremamente profundo psicologicamente falando.
Me senti diversar vezes ridícula. E, de certa forma aconchegada.
Legal minha tia ter vindo para cá. Foi bacana nossos passeios. Essa coisa de familia é, de certa forma, muito legal. COnversamos muito e temos muito em comum. Ela falou da minha mãe. Engraçado se dar conta de que ela é irmã da minha mãe...e que minha mãe morreu pra ela também...coisas malucas...minha cabeça tá lelé.
Sábado foi chato. Tive uma conversa necessária com um cidadão aí e tudo aquilo que eu achava que era não é. É complicado...essa coisa de relacionamentos é fogo. Gostar de alguém é muito complicado, principalmente quando esse alguém é gaucho e extremamente complexo.
Sei lá...não quero me preocupar com isso não. Quero ficar quietinha no meu cantinho.
Tem muita coisa precisando se organizar dentro da minha cabeça. Não quero chorar por ninguém sem motivo. Porque na real, quando se trata de amor sou muito assustada. E nessa instintiva mania de me preservar acabo detonando boas possibilidades...mas não quero pressionar nada não. Tô na minha...mas ando cansada...acho realmente q preciso de férias, ver tv, comer comida natural, dormir bastante e ficar quietinha em casa. Quem sabe volta a vontade de sair e me sociabilizar...sei lá...sei lá mesmo.

Postagens relacionadas

4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Por favor inscreva-se para receber as ultimas postagens no e-mail.