sábado, 22 de janeiro de 2005

Será que toda vez que eu beijar a boca dele vou ficar voando que nem uma boboca...Não é certo isso.
Mas é certo que o sorriso dele iluminaria toda a escuridão que pode existir dentro de alguém.
É sempre fantástico vê-lo. É impressionante como existem beijos perfeitos a serem dados, carinhos despreocupados e sinceros a serem recolhidos.
Meus pensamentos são leves. Não sinto o frio na barriga...com ele não.
Acho que é alguma coisa que isso já superou...Sinto intensidade e uma certeza de reencontros...
Fiquei triste pelo tempinho mínimo que o vi ontem...mas alegre porque me pareceu uma eternidade feliz.
Não queria ficar o fim de semana inteiro pensando nele, nas coisas que a gente falou e nos beijinhos que a gente se deu...Mas acho q não terei outra opção...que legal...to pensando e não sei porque...mas é bom...vou continuar assim...leve e pensativa...

Postagens relacionadas

4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Por favor inscreva-se para receber as ultimas postagens no e-mail.