quinta-feira, 7 de outubro de 2004

Acho que tô falando a beça com a galera de sampa, da facul...com a Paulinha que eu estava com saudades porque é tão "enlouquecida" quanto eu...queria que ela mudasse para cá...alias...queria o fabio jogando the sims aqui tb...as vezes tenho vontade de ir visita-los...

mas...nada é flores completas...iria topar com a minha irmã que me odeia e nem me deu opçãpo de defesa...
não entendo...ontem vi que meu cunhado vai se formar e certamente não passa pela cabeça dela, me convidar.
Pior, nem na dele...

...falo com todo mundo menos com a criatura q não me liga, não responde meus torpedinhos...é chato vc ser acusada de algo (porque certamente tenho um veredicto certinho na mente dela para que me bloqueie dessa forma) que não faço ideia do que seja e todos os perdões necessarios da minha parte ja foram pedidos e nada...sabe...ja chorei muito e muita analise fiz por essa ausencia que preferia nao ter de suportar mas... hoje cresci e entendo algumas coisas.

O tempo passou e tanta coisa mudou...
E o tempo é o melhor remedio...pra mim ja passou as tristezas, as brigas de irmãs, os desentendimentos porque eu tenho certeza de que existem coisas maiores para se chatear...sei lá...

E a moça continua naquele mundinho particular, onde tudo gira em torno da vida dela e do seu unico ente querido...confortavelmente isolada de todos.
Não posso fazer nada se tem raiva, inveja, vergonha ou, se me ver significa que corri atras de sonhos rompendo barreiras e ela não...falava sobre se acomodar com a Paulinha agora pouco...reclamava da irmã que se acomodou no trampo.A minha se acomodou na vida...oq é pior.

A pena disso tudo é que, em dias como hj, em que busco enlouquecidamente em amigos da facul e da vida toda, uma referencia alegre pra espantar essa saudade que me invade os poros, não posso contar com minha irmã para nada.
Por que eu nao sei ao certo. Sei apenas oque vejo e aceito: Me odeia sem muito sentido de ser.

Mas não vou ficar mais triste do que posso por isso. Já fiz muita analise por isso e sei que eu não sou a culpada e, todas as culpas que poderiam ter ocorrido nesse interim ja foram esclarecidas com a propria cidadã.

Acho q a definição de familia pra ela ficou pior do que pra mim...sei lá...hoje eu entendo melhor algumas coisas que fazia e entendo o lado escuro que leva dentro de si...respeito muito e por isso entendo essa descartada que, eu e tudo que restou de familia leva...
...seria melhor se o pacote de recisão familiar que me foi entregue em tenra idade fosse total...me polparia algumas tristesas ou em enloqueceria de vez...credo! to gotica!
Fui...

Postagens relacionadas

4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Por favor inscreva-se para receber as ultimas postagens no e-mail.