sexta-feira, 26 de setembro de 2008

Lembranças



Eu me lembro que em 1998 mais ou menos eu fiquei em casa por vários meses trancada, pintando quadros, móveis, fazendo esculturas...A menor aproximação de "gentes" estranhas naquela época me embrulhava o estomago.

Para o bem do meu "organismo", fiquei em casa com os gatos, cachorros e todo aquele verde e tranquilidade local...minha familia toda estava viajando na época, com exceção da minha prima que mais "não estava" do que presente.

Foi muito redentor pintar, desenhar, criar. Me renovou como pessoinha bebê que tentava se encontrar...o engraçado é que as cores sempre foram vivas...com exceção de um painel que era uma grande área azul (o mar) com destroços de um barco de pescadores...

Era sindrome do pânico e eu não sabia naquela época...e olha que eu ia religiosamente na psicologa toda semana (exercício fundamental para orfãos precoces)...há coisas que não devemos saber mesmo...

Algumas não devemos falar. Outras devemos ouvir...e quando nada disto é suficiente...devemos criar.

Eu devo criar...sem sindromes de pânico mas com a delicada intimidade que há entre mim e as idéias...

Postagens relacionadas

Lembranças
4/ 5
Oleh

Assine via e-mail

Por favor inscreva-se para receber as ultimas postagens no e-mail.